A respeito do respeito

09:31:00

Quantas vezes você já não deparou com alguém, que chamou o amigo de "alemão". Este sujeito "alemão", não tem olhos azuis, muito menos uma cabeleira loira e volumosa. É negro (e não moreno como dizem alguns), olhos pretos, cabelo ralo. E com um lindo sorriso no rosto pelo apelido, dito com carinho por um companheiro.

Na verdade, não importa se for por apelidos, um gesto, mas o importante é que todo tratamento que damos ou recebemos deve ser dado com respeito! E é sobre respeito que desejo falar agora. Refleti muito sobre isto, e pesquisei na prateleira das minhas experiências tudo aquilo que aprendi sobre este assunto.

Aprendi que o mandamento divino - "amai ao próximo como a si mesmo" - apesar de ser o resumo dos 10 mandamentos, ainda pode ser mais sintetizado: respeito.

E descobri que ele possui duas características essenciais: ele é de graça e de graxa.

Quando falo "de graça" é porquê você não precisa pagar nada para conquistá-lo. Ele é seu, todo seu, e ninguém tem o direito de tirá-lo de você. Muitas vezes, as pessoas nos fazem sentir inferior, sem respeito próprio. Ferem a nossa dignidade. Nestes momentos, é importante entender que você tem que se amar antes de amar qualquer pessoa. Você deve respeitar a si mesmo, e exigir este respeito.

Respeitar a si mesmo é amar aquelas pessoas que tanto gostam de você. Por isto, também respeite a sua saúde. Evite forçar muito sua coluna no trabalho, e não se mate por causa dele. Há pessoas que vivem para trabalhar, e não trabalham para viver. Aproveite melhor os seus finais de semana. A conseqüência disto será um sorriso sincero e um pensamento mais ou menos assim: "Putz, essa semana eu vou arrasar!".

Lembre sempre dos conselhos dos seus pais, e principalmente, que eles são os únicos em sua vida que torcem fanaticamente pela sua felicidade. Respeite-os, e aprenda com eles o máximo que você puder. Só descobrimos o quanto eles estavam certos ao nosso respeito quando eles nos deixam, e quando enfrentamos os desafios impostos pelo mundo.

Quando falo que o respeito é de "graxa", é porquê ele é capaz de amortizar as diferenças entre os relacionamentos humanos, tornando as pessoas verdadeiras engrenagens da máquina da vida.

Ele carrega em si as quatro operações básicas: as diferenças que antes dividiam passam a somar, multiplicam o envolvimento e subtraem as chances de atrito. Respeite, e torne-se um cidadão universal!

Percebi estudando as máximas de vários pensadores, que não houve maior personalidade dentre os homens como a de Jesus Cristo.

Entendi que ele levou tão a sério o respeito ao próximo, que foi capaz de dar a sua vida por aqueles que não respeitaram sua visão de mundo. Não importa a sua religião, creia apenas que seus mandamentos se resumem a isto: Respeitar o seu próximo como a si mesmo. Quando você respeitar a sua dignidade, os seus pais e o seu próximo, você promoverá uma mudança radical nas pessoas que estão ao seu redor e possivelmente, em toda humanidade!

Você pode não ver de imediato o efeito, mas ele começa a dar frutos quando você menos esperar. Por isso, lembre-se destas palavras: Respeite-se, respeite seus pais e respeite o seu próximo como a você mesmo.

É um pouco redundante, mas quando estas palavras estiverem gravadas em nossos corações, elas se transformarão em atitudes que farão eco por toda eternidade.

Renato de Amorim Gomes

Você Vai Gostar de Ler

0 comentários