Dia dos Pais - Saudades...

01:08:00


Há mais de 4.000 anos na Babilônia, com um cartão esculpido em argila, Elmesu fez uma homenagem para seu pai.

Em 1909, nos EUA, um homem que havia criado sozinho seis filhos depois que sua mulher morreu, também recebeu uma homenagem por sua filha Sonora Louise, que sugeriu a ideia às autoridades. Como símbolo foi escolhida a rosa: vermelha para os pais vivos e branca para os falecidos.


O Pai de Jesus se chamava José. Na Itália e em Portugal, a homenagem pelo dia dos pais acontece no dia 19 de março - dia de são José. No Brasil, no segundo domingo do mês de agosto.


José é o nome do meu pai! E não deixou de ser o nome dele porque não está mais aqui. Se perpetuou no nome do meu filho.


Pai, jamais imaginaria que fosse tão difícil te escrever depois de tanto tempo sem você por aqui! Dizem que o tempo cura tudo. Mentira! O tempo nunca vai curar a dor de ter perdido você tão cedo... Me disseram que na sequência natural da vida estaríamos prontos para enterrar nossos pais. Outra mentira! Nunca estive pronto pra isso...


Você foi embora cedo demais. Sinto saudades demais. A única coisa que pode definir sua falta numa folha de papel são as reticências...


Vivo na esperança de te reencontrar algum dia e poder te dar um abraço, te dizer o quanto te amo, te agradecer por tudo que você fez por mim e por nossa família. Olhar pra minha mãe e minhas irmãs e perceber sua essência em nós é tão sublime.


Em todo tempo de vida que tenho, nunca conheci alguém como você Pai, e isso não é uma frase de efeito, mas a pura verdade! Só você soube cuidar da nós como ninguém. Só você ensinou com seu exemplo que a família está acima de tudo. Só contigo aprendi que o mal não deve ser retribuído, mas ignorado - e perdoado.


Deixa te contar um segredo: Entre todos os sonhos que tenho, o que mais me dói foi não ter passado um único domingo do Dia dos Pais com você e meu filho juntinhos na sala lá de casa. Posso imaginar até hoje como seria ver você se divertindo com o Caio José...


Algumas pessoas insistem em dizer que essa dor um dia vai passar... Acho que não passará nunca...


Te amo demais! Saudades demais...


Alexandre Barreto - Filho de José.

Você Vai Gostar de Ler

2 comentários