Abandonando Expectativas

22:15:00

"Deixei de alimentar expectativas para criar oportunidades:
Que a primeira morra de fome
e a segunda cresça conforme minha dedicação."
O que a maioria das pessoas não percebe é que sofrer de ansiedade ou expectativa, não faz a menor diferença para o tempo - ou o destino, como queira. O que desejamos pode ajudar no planejamento diário, mas infelizmente não tem a menor relação com o resultado final.

Você pode ter fé, consultar  a astrologia ou horóscopos, ter uma esperança inabalável, mas nada disso será capaz de mudar o que está escrito.

A expectativa nos coloca num estágio de congelamento no qual ficamos reféns do resultado final para que possamos prosseguir. E mais: Se o resultado não for o esperado, a decepção pode ainda influenciar por mais tempo o curso natural da vida.

Se o tempo gasto com a expectativa fosse utilizado na criação de novas oportunidades, tudo seria diferente. Estaríamos abandonando a letargia da espera, para auxiliarmos o destino com a criação de novas alternativas que seriam utilizadas para a construção do tão esperado resultado final. Seria como ser o senhor do próprio destino abandonando a posição de espectador de uma vida que insistimos em não administrar.

A expectativa nos transforma em espectadores da vida, ao invés de protagonistas. Sem perceber, deixamos que os outros decidam por nós enquanto nos omitimos no falso discurso da espera.

Então, dedique mais tempo para avaliar seu momento e valores. A vida só faz sentido em comunidade, mas isso não quer dizer que você tem que se perder no meio da multidão.

Você Vai Gostar de Ler

1 comentários