No início

15:00:00



É perceptível que o começo não é no início. Não pelo menos hoje.


Percebi um tranco nos meus ombros e meus dedos funcionam com cordas - como as marionetes - em cima do teclado neste exato momento.


Ainda tenho medo de olhar e ver quem os controla; simplesmente observo as palavras surgirem no meu monitor, vislumbrando a possiblidade(e a esperança) de me conhecer melhor. Isso é possível?


Um sentimento ímpar me invade e sou impelido a continuar... continuar... continuar...


Continuar até chegar ao início?


Percebeu agora o que eu já sabia? Tudo pra mim é um círculo; um andar na praça; a tentativa de se perceber as pequenas e frágeis coisas.

Calvin

Você Vai Gostar de Ler

1 comentários