O equilíbrio entre o dar e o receber

12:44:00

A vida fica muito melhor quando observamos o equilíbrio entre o dar e o receber. Para que você faça isso com mais consciência vão aí algumas dicas.

Primeiro, saiba o que você quer, quais são seus desejos e aspirações. Imagine tudo com muitos detalhes, quanto mais precisão melhor. Assim, você estará enviando esta informação para os "canais competentes" que trabalharão para tornar seus sonhos uma realidade.

Mas não se atenha somente ao que você quer, fique aberto também ao que lhe é oferecido, pois a vida é muito criativa e pode lhe dar muito mais do que você imagina.

Reconheça sempre quando você recebe algo, desde um bom negócio, o sorriso de uma criança, a beleza de uma flor, a gentileza de alguém. Se prestar atenção, no dia você sempre ganha alguma coisa o tempo todo: o ar que você respira, a comida que você come, a amizade de alguém, as palavras lidas em um livro, o tempo todo você recebe. Reconheça isto e agradeça.

Preste atenção também ao que ainda falta em sua vida, como por exemplo, o amor. Como fazer para atraí-lo? Dê exatamente aquilo que pretende receber. Para atrair o amor, distribua-o. É isso mesmo. O amor vem mais facilmente àquelas pessoas que são generosas, alegres e otimistas. A melancolia não é atraente!

Por isso, verifique todas as possibilidades que você tem de fazer alguma coisa para alguém. Quer seja na sua casa, com as pessoas de seu convívio, desde as mais próximas, até as que você nem conhece muito bem. Cumprimente, chame pelo nome, dê presentes, ajude, elogie, colabore. E, além de fazer isto, observe os sentimentos que você provoca não só aos outros, mas principalmente em você mesmo. É bem provável que você chegue à conclusão que ser generoso é a forma mais feliz de viver.

Todo mundo quer encontrar alguém especial para sua vida. Quer alguém para si, que vai preencher um vazio, sanar a carência afetiva, compartilhar a vida. Mas somente o querer não basta como estratégia.

Ofereça o seu melhor, e fique atento para oferecer algo que a outra pessoa realmente precisa e não o que você imagina que ela precise. Seja generoso, mas com inteligência. Se possível, sem esperar nada em troca. Seja simplesmente irresistível. Assim, fica muito mais fácil e viável aproximar as pessoas.

Sérgio Savian

Você Vai Gostar de Ler

0 comentários